Voltar à home em SophiA Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Blog Atualizada em 01 ABR 2020 - 13H52

Adaptação às mudanças e a importância das atividades na biblioteca

Mesmo a distância, as ações da sala de leitura são peças-chave para proporcionar uma formação completa ao estudante, nos âmbitos curricular e social

Momento de adaptação às mudanças? Entenda por que é importante reservar um tempo do seu replanejamento para as ações da biblioteca escolar, já que, mesmo remotamente, as atividades desenvolvidas pela sala de leitura são responsáveis por garantir que as crianças e os jovens tenham uma formação mais completa.

São tantas as áreas que devem receber atenção em uma escola que, muitas vezes, pode ser difícil entender por que é tão essencial reservar um momento para pensar em como trazer inovação à biblioteca escolar, principalmente agora, com os muitos questionamentos e as inúmeras decisões pelas quais as instituições estão passando.

Porém, esse é um espaço de extrema importância na formação dos alunos quando gerido de maneira adequada. Por isso, investir em soluções para a sala de leitura proporciona aos alunos mais interesse e acesso ao conhecimento, um processo que contribui para uma formação completa, alcançando não só o nível curricular, mas social.

Abaixo estão listados alguns dos benefícios de uma biblioteca que faz uso da tecnologia para entregar conhecimento a toda a comunidade escolar. Confira!

Alfabetização

Talvez um dos mais importantes processos influenciados pela biblioteca escolar, a alfabetização está diretamente ligada aos livros e às ações promovidas pela biblioteca em conjunto com os educadores. Ter uma sala de leitura organizada, com um acervo bem selecionado de acordo com a idade do público que irá consumi-lo e planejar ações que complementem o processo de aprendizado, irá fazer com que, desde cedo, e mesmo antes de saberem ler, os estudantes tenham apreço pelos livros e construam o hábito da leitura.

Neste momento, é importante pensar também nas obras digitais que irão compor o acervo para auxiliar no processo de alfabetização. Para isso, além de um bom fornecedor de conteúdo digital, como Odilo, é essencial ter um sistema híbrido, que permita catalogações de ambos os tipos de livros, como o Philos - ainda vamos falar mais sobre essa solução neste artigo.

Já falamos sobre esse assunto aqui no blog. Para ler mais, acesse o artigo: a importância das bibliotecas nas escolas no processo de alfabetização.

Acesso gratuito ao conhecimento

Segundo a pesquisa Retratos da Leitura do Brasil, realizada em 2016, para 71% dos entrevistados, as bibliotecas são “um lugar para pesquisar ou estudar”, ainda, para 26% deles, esse é um “lugar voltado para estudantes”. As bibliotecas escolares são, portanto, um importante meio de acesso gratuito ao conhecimento e representam para a comunidade em geral, mas principalmente para a comunidade escolar, um local de acesso sem barreiras à informação e ao conhecimento.

Maratona de livros

Se as crianças adoram fazer maratonas com desenhos e séries, por que não as incentivar a fazer o mesmo com livros que têm sequências? São muitas as opções de obras que podem gerar interesse pela leitura e por usar mais os recursos da biblioteca escolar. Durante as maratonas de leitura, podem ser abordados aspectos históricos, geográficos e científicos das obras, por exemplo. Veja abaixo algumas opções de sequências para maratonar durante esses dias de aprendizado em casa:

• Crônicas de Gelo e Fogo – George R. R. Martin

• O Senhor dos Anéis – J. R. R. Tolkien

• O Guia do Mochileiro das Galáxias – Douglas Adams

• Harry Potter – J. K. Rowling

• As Crônicas de Nárnia – C. S. Lewis

• Desventuras em Série – Daniel Handler

• Fronteiras do Universo – Philip Pullman

Clubes de leitura

Ler uma obra clássica da Literatura pode ser muito mais estimulante para as crianças e para os adolescentes quando é possível discutir impressões e opiniões sobre esse livro em grupo. Com todos os jovens, literalmente, na mesma página, será mais simples tirar dúvidas, explicar o contexto no qual as obras foram escritas, falar sobre sentimentos causados pela leitura, entre outras atividades. Uma outra discussão possível nos clubes de leitura, é avaliar as diferenças entre os livros e as produções cinematográficas. Tudo isso pode ser feito online, para continuar a entregar cultura e conhecimento aos alunos mesmo neste período de mudanças.

Mostras culturais

Os projetos que nascem na sala de leitura podem ganhar força e contribuir para a criação de mostras culturais que envolvam toda a comunidade escolar e que incluam peças de teatro, exposições, entre outras ações de expressão artística e cultural.

Rodas de conversa

Falar sobre sexualidade, bullying, dificuldades de fora e de dentro da sala de aula, pode ser difícil para alguns alunos com a presença ou intermédio de um professor. Uma roda de conversa pode ser esse lugar mais aberto e democrático da escola para a realização de debates entre os estudantes, ou até mesmo, um momento para receber um especialista no assunto, de fora da convivência dos alunos, para abordar determinados temas de forma mais imparcial e profissional. Não é porque é preciso criar um afastamento social, que as ideias também precisam se afastar. Agora é o momento ideal para aproximar os estudantes, mesmo que virtualmente, em uma roda de conversa.

Usar livros para fazer com que os alunos se sintam mais à vontade e para incentivá-los a falar sobre assuntos que podem ser tabus, mas são muito importantes de se trabalhar, é uma ótima opção de ação para a sala de leitura. Sair da sala de aula pode ajudar o jovem a se abrir, em um ambiente menos formal e mais acolhedor.

Intercâmbio de conhecimento e interdisciplinaridade

A união entre professor e bibliotecário favorece a interdisciplinaridade, a junção de conhecimentos entre áreas que aparentemente não estão tão próximas, como a Física e a História, além de incentivar o intercâmbio de conhecimento entre alunos de diferentes séries e entre os profissionais da instituição. Use esse momento para unir seus colaboradores na missão de levar informação e conhecimento aos estudantes!

Gestão da biblioteca escolar

Você pode estar pensando que todas essas ações são ótimas, mas que falta tempo e sobra trabalho na biblioteca da sua instituição. Talvez esse momento de mudanças seja, então, o ideal para iniciar um projeto de automatização da sala de leituraE se a questão é otimizar as tarefas do dia a dia e ter mais tempo para planejar e realizar ações de incentivo à leitura, a tecnologia pode ajudar. Nesse caso, a adoção de um software de gestão da biblioteca escolar é a melhor saída e o Philos, a melhor opção de ferramenta para gerenciar o acervo.

Acredita que a biblioteca da sua escola está pronta para esse importante passo? Então, entre em contato com nossa equipe e conheça todas as funcionalidades do Philos. Acesse: www.sophia.com.br/contato.

Para mais informações sobre a importância da biblioteca escolar, leia o Manifesto do IFLA e da UNESCO.

Boleto

Ligamos para você

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Blog

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.