Voltar à home em SophiA Central de vendas: 0800 55 7074 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: 0800 55 7074 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Bibliotecas e Acervos

Como decorar sua biblioteca escolar

Pensar em um ambiente agradável e convidativo é, sim, fundamental na hora de decorar sua biblioteca escolar.

Estimular a leitura e o interesse pelos livros por parte dos alunos está entre os grandes desafios das instituições de ensino e dos educadores — principalmente, em relação aos primeiros anos de colégio dos estudantes. Trata-se de desenvolver um hábito, que quando criado ainda na infância, ou mesmo na adolescência, tem mais chances de seguir pelo resto da vida. Mas, fazendo uma análise rápida, você considera que a sua biblioteca escolar possui um ambiente atrativo e convidativo para os alunos?

Como é a decoração, a distribuição das cores, dos objetos e dos móveis? Pois saiba que isso é, sim, importante na hora de projetar um espaço de leitura e aprendizado.

Utilizando a decoração para criar uma biblioteca escolar atrativa 

Um ambiente atrativo aos olhos é o primeiro passo para levar as crianças e adolescentes até as primeiras páginas de um livro — e isso pode funcionar, inclusive, com os adultos.

Em geral, trabalhar com temáticas é algo que funciona bem, principalmente em relação às histórias infantis. Cada seção pensada de acordo com o seu contexto. A dos contos de fadas, por exemplo, pode ter uma estante em forma de castelo, ou ser indicada pelos príncipes e princesas. Se o assunto é a natureza, incluir os animais no ambiente é quase que uma obrigação. Já se a área em questão é mais voltada aos livros científicos, vale abusar dos principais símbolos que os representem.         

Decorar as paredes também é importante, começando por uma boa distribuição de cores. Depois, usar nelas colagens, quadros e desenhos também pode ser interessante. Dá até para estimular os estudantes com algumas brincadeiras nesse sentido. Por exemplo: os alunos com as melhores notas em Educação Artística — ou mesmo alguma outra matéria, de escolha dos professores — ganharão o privilégio de expor sua arte, seus desenhos, nas paredes da biblioteca escolar.   

Lembre-se, também, de aproveitar bem todos os espaços. Caso a biblioteca tenha banheiros exclusivos, colar indicações de leitura pelas paredes do local, de maneira criativa, pode gerar bons resultados. 

Não esqueça do básico: a organização e o conforto 

Manter o ambiente de leitura em ordem também é essencial. Além de tornar o ambiente mais convidativo, ainda é uma oportunidade de mostrar dedicação à prática, bem como de ensinar às crianças e adolescentes a importância da organização

Além disso, é fundamental que a biblioteca escolar seja composta por espaços confortáveis, acolhedores e funcionais para a leitura e o aprendizado. Vale ousar na criatividade e fazer uma boa distribuição dos móveis, por exemplo, que podem ser mesas e cadeiras aconchegantes ou, então, puffs e outros espaços no chão, criados com tapetes e almofadas. Uma boa iluminação é outro aspecto indispensável para o ambiente.

Mas, e quanto às cores?   

As cores como aliadas na decoração 

As cores na biblioteca escolar, além de tornarem o ambiente de leitura mais convidativo, agradável  e divertido, também executam um papel fundamental, que é o de atrair a atenção e o foco para determinado local ou objeto. Elas influenciam psicologicamente, inclusive no que diz respeito ao aprendizado e ao interesse pela leitura.

De maneira geral, a maioria das pessoas sente-se atraída por cores vibrantes e saturadas — em especial as crianças, bem por isso, os livros infantis são tão coloridos. 

O ideal é utilizar as cores de forma estratégica  — visando dar ênfase ao que se deseja — mas é preciso também estar atendo aos exageros. A distribuição deve ser feita de forma adequada. Os tons mais chamativos, por exemplo, devem ser aplicados em espaços e elementos que precisam se destacar em relação a outros. Os demais ambientes, por sua vez, ficam com as cores mais neutras.

A intenção na hora de distribuir as cores é proporcionar um equilíbrio visual e dar entonação ao que é mais importante na biblioteca escolar. Essa é uma parte da decoração que vale dedicar um tempo maior de pesquisa ou, até, consultar um especialista no assunto para não correr o risco de errar. Afinal, mudar os tons das paredes, em caso de algum equívoco, dá um pouco mais de trabalho do que mover os móveis ou reorganizar os livros ou demais objetos.

E, então, gostou dessas dicas de como decorar a sua biblioteca escolar? Quer mais uma sugestão? Fique de olho no blog do SophiA para manter-se por dentro das novidades sobre gestão escolar, de bibliotecas e acervos. Conheça também o sistema Philos, pensado especialmente para gerenciar com eficiência esses ambientes de leitura e aprendizado tão especiais.  

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Ligamos para você

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Bibliotecas e Acervos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.