Voltar à home em SophiA Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Blog Atualizada em 29 AGO 2018 - 11H32

Conheça a proposta de personalização nas escolas

Saiba o que é e como funciona a proposta de personalização nas escolas, que visa promover uma educação integral, levando em conta o perfil único de cada aluno

A evolução da sociedade levou diversos setores a mudarem a sua estrutura e forma de interação com as pessoas, e na área educacional não foi diferente. Hoje, as necessidades e expectativas dos estudantes são diferentes das encontradas há 15 anos e muitos fatores contribuem para isso, como os avanços tecnológicos e o perfil questionador dos alunos do século XXI.

Mas se adaptar à nova realidade não é uma tarefa fácil para as instituições de ensino. Novas propostas, como a personalização nas escolas, parecem ser a solução para que os estudantes de todo o país tenham acesso a uma educação de qualidade, oferecendo a eles conhecimentos que realmente sejam significativos e possam ser aplicados no dia a dia, porém aderir a elas não é necessariamente simples.

A personalização nas escolas em si pode ser um pouco complexa, já que há algumas barreiras estruturais que impedem a aplicação integral dessa proposta. Se você quer conhecer um pouco mais sobre seus desafios e objetivos, não deixe de acompanhar a sequência deste artigo.

Veja o que é a personalização no ensino

Antes de falarmos sobre os desafios e objetivos da personalização nas escolas, é interessante conhecermos um pouco melhor esse conceito.

Quando falamos de personalização nas escolas estamos nos referindo a uma série de estratégias pedagógicas que visam promover o desenvolvimento dos alunos de maneira individualizada, respeitando as limitações e os talentos apresentados por cada um.

Essa é uma proposta que leva em conta que os estudantes aprendem em formas e em ritmos diferentes, pois têm diversos conhecimentos prévios, competências e interesses que tornam único o processo de aprendizagem.

A personalização do ensino tem como objetivo fazer com que educadores e a equipe gestora passem a enxergar os alunos de forma individualizada, e não apenas como parte de uma determinada turma. Esse é um grande desafio, tendo em vista a atual situação da educação no Brasil, como falaremos a seguir.

Personalização nas escolas: é possível aplicá-la no Brasil?

A proposta de personalização nas escolas é bastante atraente, afinal com ela o aluno passa a receber uma atenção individualizada para que o seu aprendizado seja realmente significativo. Mas os desafios para aplicá-la no Brasil não são poucos.

O primeiro deles tem a ver com a quantidade de estudantes em uma sala de aula tradicional. Geralmente, são de 25 a 40 alunos em uma classe, com esse número variando de instituição para instituição, mas geralmente ultrapassando 30 na rede pública de ensino.

Dificilmente um professor conseguirá sozinho olhar individualmente para as necessidades de aprendizagem de cada aluno, considerando ainda que o grupo de estudantes costuma ser bastante heterogêneo.

Outro ponto importante a considerar são as estatísticas do MEC (Ministério da Educação) compiladas pelo QEdu e divulgadas pelo PORVIR:

•12% dos alunos matriculados na rede pública de ensino sabem no 9º ano o que deveriam de matemática;

•22% sabem no mesmo período o que deveriam de português;

•Os números se complementam com alunos extremamente habilidosos para a aprendizagem, e também com os que aprendem o estritamente necessário para seguir sua trajetória acadêmica.

Esse exemplo mostra que lidar com interesses, talentos e necessidades de aprendizagem diferentes é um grande desafio da personalização nas escolas. As mudanças estruturais nas instituições de ensino e a aplicação de estratégias pedagógicas que olhem para os alunos de forma individualizada, porém, se apresentam como sendo urgentes na educação brasileira.

Saiba porquê essa transformação é essencial para a formação integral dos alunos

Agora que já conhecemos mais sobre a proposta de personalização nas escolas, chegou o momento de entender os motivos que tornam essa transformação algo essencial para a formação integral dos alunos.

O principal, sem dúvidas, é que a sociedade do século XXI está passando por mudanças significativas e que impactam na forma como os jovens em fase escolar enxergam o mundo e a educação.

Outro fator importante é que o modelo de ensino-aprendizagem adotado por boa parte das escolas não está em consonância, por exemplo, com o que os jovens encontrarão no mercado de trabalho. Hoje, as oportunidades de emprego exigem que os profissionais saibam trabalhar em pequenos grupos para resolver problemas, utilizando ferramentas digitais como aliadas, e possam realizar diferentes atividades durante o dia sem que seja necessária a supervisão contínua de outra pessoa.

Entretanto, o que os alunos sentem nos dias de hoje é um distanciamento entre o que aprendem, suas respectivas realidades e o que certamente encontrarão no futuro ingresso à vida profissional. Isso acontece devido à falta de conexão entre os temas propostos com o aprendizado prévio do aluno e suas experiências pessoais. Além disso, deixar de trazer a tecnologia para dentro das instituições de ensino é outro ponto que impacta de forma negativa a personalização nas escolas.

Para que os estudantes conquistem uma formação integral é importante valorizar as suas bases, trazer o novo e incentivar a conexão entre a escola, os conteúdos propostos e o mundo. Assim, ao concluir a educação básica os jovens estarão prontos para os próximos desafios que envolvem os estudos, a carreira e a realização de sonhos pessoais.

Tecnologia presente na gestão escolar

Como vimos, a personalização nas escolas exige muito empenho dos educadores, por isso, otimizar processos e serviços que fazem parte do dia a dia é fundamental. Ao adotar um software de gestão escolar como o SophiA, a equipe gestora conseguirá otimizar diversos serviços de cunho administrativo e financeiro. Aliás, a tecnologia também é aliada de outros setores importantes das escolas, como a biblioteca.

O software Philos permite que os profissionais façam a catalogação e todo o gerenciamento do acervo por meio da plataforma digital. Assim, eles terão mais tempo para se dedicar às ações pedagógicas, inclusive a personalização nas escolas.

No artigo de hoje, apresentamos o conceito de personalização nas escolas e os desafios a serem superados para que essa proposta se torne realidade dentro das instituições de ensino de todo o país. Para continuar por dentro de notícias como esta, assine agora mesmo a nossa newsletter.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Ligamos para você

Este canal é para comunicação com a equipe de vendas da Prima. Em breve um dos nossos consultores entrará em contato com você.

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Blog

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.