Por SophiA Em Blog Atualizada em 22 MAR 2022 - 16H12

Famosos que realizaram trabalho em bibliotecas

O trabalho em biblioteca é mesmo muito gratificante. Tanto que ao longo dos tempos, muitos famosos passaram pela área - conheça 6 deles.






O trabalho em bibliotecas vai muito além da entrega e conferência de exemplares.

Elas são como grandes centros de aprendizagem, que contém todo tipo de conteúdo que se possa imaginar.

Através dos valorosos profissionais que se dedicam a essas instituições é que podemos ter acesso ao conhecimento, que desenvolvemos hoje.

Entre eles, ao longo da história, muitos famosos atuaram na área. Confira neste artigo 6 deles!

Surpreenda-se com essas pessoas que fizeram trabalho em bibliotecas

Separamos 6 famosos que já passaram por bibliotecas – se você não lembrar de algum, consulte seu acervo para saber mais!

1- Cecília Meireles

Uma das grandes autoras nacionais, conhecida por todos os que realizam trabalho em bibliotecas, Cecília Meireles era uma artista plural. Considerada uma das autoras mais importantes da literatura brasileira, ela foi uma grande poetisa.

Mas também se aventurou como pintora, professora e jornalista. Além disso, ela realizou um grande feito: fundou a primeira biblioteca infantil do Brasil, em 1934, um marco extremamente importante.

Cecília também conta com uma série de poemas infantis, com sua arte extremamente ampla, que traz musicalidade, versos livres e muita rima.

2- Elke Maravilha

Outro nome conhecido dos brasileiros que acompanhavam a TV nos anos 70 a 90, principalmente, é o de Elke Maravilha. A modelo e atriz que emigrou para o Brasil ainda na infância, cresceu e aprendeu muito com a cultura brasileira.

E se tornou muito conhecida por seu estilo único de roupas, penteados e simpatia. Aos 20 anos, em busca de sua independência, estudou Letras e passou a morar sozinha no Rio de Janeiro.

Foi nessa fase, para bancar seu aluguel e a faculdade, que Elke realizou trabalho em bibliotecas, além de atuar como bancária e secretária trilíngue.

3- Inezita Barroso

Cantora, atriz, instrumentista e bibliotecária. Eis apenas algumas realizações de Inezita Barroso, uma das maiores incentivadoras da cultura brasileira.

Ela fez parte da primeira turma de graduação em Biblioteconomia da Universidade de São Paulo (USP) e sempre atuou para estimular a leitura e as artes em nosso país.

Além disso, Inezita também foi folclorista, professora e apresentadora de rádio e TV, compondo assim um currículo extremamente amplo.

Com seu violão, encantou muitas gerações e abriu espaço para alguns dos grandes nomes da cultura popular brasileira.

4- Jorge Luiz Borges

O escritor, poeta, tradutor, crítico literário e ensaísta argentino, Jorge Luiz Borges, cresceu na Suíça. Em 1921 voltou para a Argentina, seu país natal, publicando seus primeiros poemas e ensaios em revistas literárias surrealistas.

Além de sua arte impressionante, Jorge também trabalhou como Bibliotecário e professor universitário público.

Devido ao seu reconhecimento, tanto na arte, quanto na educação, Jorge Luiz foi nomeado diretor da Biblioteca Nacional da República Argentina em

O escritor também recebeu vários prêmios internacionais e costumava dizer que, para ele, o Paraíso deveria ser uma espécie de Biblioteca.

5- Laura Bush

O que mais chama a atenção na história de Laura Bush é o seu amor por livros e pela leitura - isso desde pequena.

Para muitos, ela é citada como esposa do 43º presidente dos Estados Unidos, George Walker Bush. Entretanto, ela foi bem mais do que isso, tendo realizado um grande trabalho em bibliotecas.

Laura cursou graduação na Universidade Metodista Meridional, em 1968, e rapidamente se tornou professora em escolas do Ensino Médio. Em seu mestrado, Laura trabalhou com biblioteconomia, pela Universidade do Texas, e assumiu a profissão logo em seguida.

6- Lewis Carroll

Por fim, temos Lewis Carroll, grande romancista, contista, fabulista, poeta, desenhista, fotógrafo, matemático e reverendo anglicano britânico.

Com um currículo extremamente abrangente, Lewis tornou-se Bibliotecário após graduar-se em matemática em Oxford, contrariando todas as estatísticas.

Sua função era auxiliar o Bibliotecário da Christ Crunch, cargo que exerceu até 1857, para se tornar conferencista de matemática.

Apesar de uma grande contribuição para a matemática, Lewis manteve-se fiel ao seu grande amor: os livros. Assim, escreveu grandes obras , como Alice no País das Maravilhas, um dos maiores clássicos da literatura infantil e outros poemas.

O trabalho na biblioteca fica mais eficiente com SophiA

Todos os nomes que citamos aqui deram sua valorosa contribuição, em algum momento de sua vida, para o trabalho em bibliotecas.

Porém, na época em que atuavam, precisavam desenvolver as atividades manualmente, sem recursos tecnológicos para ajudar.

Ainda bem que a transformação digital alterou esse cenário, tornando a rotina muito mais prática, eficiente e rápida.

Com uma solução inovadora para gestão de biblioteca, como o SophiA, todas as atividades podem ser automatizadas.

Da catalogação de obras ao controle de empréstimo, o gerenciamento de acervos físicos e digitais é simplificada e os profissionais têm tempo para se dedicar a outras atividades.

Como ações de incentivo à leitura ou eventos culturais, dois trabalhos em bibliotecas que são muito importantes!

Se você gostou deste conteúdo, acompanhe nosso blog. Para começar, sugerimos a leitura dos artigos:

Conheça o movimento Eu amo Biblioteca e como ele pode ajudar você Doação de livros: uma forma de atrair público para a biblioteca

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Ligamos para você

Este canal é para comunicação com a equipe de vendas da Prima. Em breve um dos nossos consultores entrará em contato com você.

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Blog

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.