Saber como criar uma escola sustentável é, cada vez mais, premissa básica dentro de uma gestão escolar eficiente e ecologicamente responsável.
Voltar à home em SophiA Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Gestão Escolar

5 dicas de como criar uma escola sustentável

Saber como criar uma escola sustentável é, cada vez mais, premissa básica dentro de uma gestão escolar eficiente e ecologicamente responsável.

Criar uma escola sustentável, nos dias de hoje, é algo essencial. Se você é responsável por um aluno, membro do corpo docente, parte da equipe de funcionários ou voluntário da comunidade, sabe a importância de proporcionar um lugar saudável e acolhedor para o aprendizado das futuras gerações.

Além disso, pessoas nestas posições também podem ajudar a estabelecer um novo e poderoso relacionamento com o planeta, apenas estimulando os alunos à reflexão sobre como usamos os recursos naturais do planeta.

Veja a seguir qual é a importância de criar uma escola sustentável e algumas dicas para colocar isso em prática.

Importância da sustentabilidade nas escolas

O impacto de questões ambientais - como mudanças climáticas, crescimento populacional e disponibilidade de recursos - é, hoje, uma preocupação global, não sendo à toa que devemos nos perguntar como criar uma escola sustentável.

Como educadores, o objetivo final de toda instituição de ensino é equipar seus alunos com as habilidades fundamentais necessárias para viver uma vida próspera além dos portões da escola. E, agora, é importante assumir também a responsabilidade vital de transformar a próxima geração em cidadãos globais, social e ambientalmente conscientes, capazes de proteger e manter o planeta saudável para as próximas gerações.

Embora criar uma escola sustentável deva ser uma prioridade geral, as ações neste sentido ainda ocorrem em um ritmo muito lento. Isso se deve à falta de recursos ou financiamento, apoio, tempo ou, simplesmente, porque os educadores não sabem por onde começar.

A boa notícia é que cada passo em direção à prática sustentável de sua gestão escolar pode fazer toda a diferença para sua comunidade e o planeta. Por isso, veja no próximo tópico algumas dicas eficazes e criativas para criar uma escola sustentável.

5 dicas para criar uma escola sustentável com atitudes práticas

Implementar políticas mais sustentáveis em sua escola envolve mais um esforço de mudança de pensamento do que de investimentos. Aliás, algumas das medidas descritas aqui podem ajudar a gerar mais economia para seu orçamento.

Veja abaixo:

1) Mostre aos estudantes a necessidade de criar uma escola sustentável

Envolva seus alunos no aprendizado sobre o meio ambiente, e encha a biblioteca de sua escola com livros que celebrem e compartilhem informações incríveis sobre o planeta e os movimentos ambientais.

Não espere pelo Dia da Terra para começar: compartilhe desde já com os alunos algumas matérias sobre poluição por plásticos e mudanças climáticas ao longo do ano, pois eles se sentirão mais engajados quando conseguirem conectar suas próprias vidas ao que está acontecendo no mundo. 

Dê uma olhada nas opções de lanche disponíveis na cantina da escola e classifique-as dos menos ecológicos (com carne ou muitas embalagens plásticas, por exemplo) para os mais ecológicos (com vegetais e embalagens recicláveis ou reutilizáveis).

Aumente o ativismo dos estudantes por mudanças sistêmicas, deixando-os escolher uma questão ambiental sobre a qual se sintam fortemente conectados, conduzindo sua própria pesquisa e descobrindo com quais práticas eles podem contribuir frente ao problema.

2) Crie um programa de reciclagem

A reciclagem não beneficia apenas o meio ambiente: ela pode realmente criar uma escola sustentável e mais atuante junto à comunidade.

A criação e instalação de um sistema de reciclagem, inclusive, é uma lição prática e interdisciplinar, que educa os alunos sobre meio ambiente, responsabilidade pessoal, ação comunitária, sustentabilidade e gerenciamento de recursos naturais.

Além dessa iniciativa, vale observar a comunidade e encontrar outros projetos locais nos quais a escola pode participar ou contribuir, para aumentar o interesse dos alunos e promover ações que ajudem a fortalecer o entorno da instituição.

3) Estimule a carona

Criar um programa de carona que envolva não só pais e alunos, mas também os funcionários, pode ser benéfico para todos, tanto do ponto de vista econômico como do logístico: quanto mais pessoas estiverem em um carro a caminho da escola, menos combustível fóssil será usado e menos poluição será emitida por pessoa.

A escola também pode iniciar uma campanha para estimular trajetos a pé ou de bicicleta, em grupo.

4) Incentive o uso consciente de energia

Os alunos podem trabalhar com a equipe da administração e manutenção para reduzir o uso de energia, de forma a criar uma escola sustentável e energeticamente eficiente.

Para colocar isso em prática, pode-se realizar um estudo para identificar oportunidades de economia e assim monitorar o uso do recurso mensalmente.

5) Reduza o uso de papel e outros insumos

A economia de papel e outros insumos é um dos principais recursos para criar uma escola sustentável e mais econômica.Quanto menor for a necessidade de reabastecer o estoque escolar, melhor.

Algumas dicas simples que podem ajudar:

  • Use a parte de trás do papel como rascunho para anotações, escrever bilhetes ou deixar à disposição para as crianças desenharem em sala de aula;
  • Estimule o uso consciente dos guardanapos de papel na cantina;
  • Ao imprimir, evite impressões erradas sempre verificando atentamente o documento antes de enviá-lo para impressão;
  • Se ainda assim a impressão tiver algum erro, recicle o papel ou use-o como rascunho.

Ferramentas tecnológicas, como os tablets, podem ser um grande suporte também nessa tarefa, especialmente quando contam com as soluções SophiA.

Através do Odilo, por exemplo, professores e alunos passam a ter acesso a um grande acervo de informações e conteúdos digitais, diretamente em desktops, tablets e smartphones, sem nenhum uso de papel.

Já o SophiA Gestão Escolar otimiza a rotina da escola, economizando tempo da equipe com papeladas de alguns trâmites burocráticos – o que ajuda também na redução do consumo de papel, energia elétrica, toner de impressora, entre outros. O dinheiro economizado pode ser revertido para a compra de novos recursos ou na manutenção da infraestrutura.

Criar uma escola sustentável fica mais fácil quando você usa a tecnologia ao seu favor: entre em contato e descubra como as soluções SophiA tornam sua escola mais amiga do meio ambiente!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Ligamos para você

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Gestão Escolar

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.