Voltar à home em SophiA Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Gestão Escolar

Aplicação de simulados nas escolas: por que ela é tão importante

A prática é uma forma de familiarizar os alunos aos exames que possibilitam a entrada no Ensino Superior.

Capacitar os estudantes para que eles consigam concretizar a entrada no Ensino Superior está entre as mais importantes contribuições dos colégios na vida dos jovens — em especial, quando se trata de uma instituição de Ensino Médio. Além da dedicação habitual, existem formas de ajudar os alunos nesse momento significativo da vida. Uma prática muito utilizada pelos educadores, por exemplo, é a aplicação de simulados na escola.    

Como o próprio nome diz, a função dos simulados é, de fato, simular as situações reais dos exames que dão passagem para as universidades desejadas por cada aluno — como é o caso das provas do vestibular e do Enem, por exemplo.

A seguir, veja os benefícios dessa prática! 

Cinco benefícios da aplicação de simulados nas escolas

O objetivo dos simulados é reproduzir as provas reais, tanto em relação ao estilo das questões  (em formato e conteúdo) quanto no que se refere ao tamanho e à organização dos exames. Assim, é possível familiarizar os alunos com todo o processo — desde a maneira como as perguntas são feitas até a forma de aplicação das provas.  

São benefícios da aplicação de simulados na escola: 

1) A preparação do estado emocional do discente

Quando se presta vestibular ou Enem, a carga emocional costuma ser muito grande. Afinal, trata-se de um grande passo para uma nova etapa de vida. Nervosismo, ansiedade e estresse são apenas três dos efeitos de toda essa pressão, em especial, para aqueles estudantes que se dedicaram o ano todo para enfrentar as provas. 

Contudo, é sempre mais fácil que o nervosismo, a ansiedade e o estresse apareçam diante do desconhecido. E é para evitar ou ao menos minimizar situações como essa que serve a aplicação de simulados na escola.

É importante que os professores informem-se a respeito de quais são as universidades no foco dos adolescentes e, a partir daí, selecionem questões reais aplicadas pelos vestibulares delas. Desta forma, o jovens conseguem ir para as provas com alguma noção do que esperar — evita-se, pelo menos, as grandes surpresas. 

2) A preparação física 

A preparação mental é crucial, mas a preparação física não fica para trás. Isso porque as provas costumam ser longas e cansativas, exigem dos estudantes horas sentados, além do controle da fome e da bexiga, por exemplo. 

Os simulados são uma forma de recriar esse tipo de situação. Assim, o aluno terá noção do quanto aguenta fisicamente e como pode melhorar para obter o melhor desempenho possível em termos de concentração e otimização de tempo.

Falando em tempo.... 

3) O gerenciamento do tempo 

Também é com a aplicação de simulados na escola que os alunos aprendem a controlar o tempo nos exames oficiais. E esse é mais um ponto que ratifica a importância desta prática ser trabalhada com questões e tamanhos reais ou o mais próximo possível do que é usado nos vestibulares e Enem.  

Quanto tempo, em média, pode-se dedicar atenção a uma única pergunta? Quando se deve desistir de resolvê-la e passar para a próxima? Há tempo de ir ao banheiro, esticar as pernas ou lavar o rosto? É tudo uma questão de gerenciamento das horas!  

4) A descoberta das facilidades e dificuldades 

Outra vantagem dos simulados nas instituições de ensino é a identificação dos pontos fracos e fortes de cada aluno, bem como das suas limitações e habilidades — tanto por parte dos próprios estudantes quanto por parte dos educadores.

Com o conhecimento dos conteúdos que se domina e aqueles em que se tem mais dificuldade, os jovens podem adequar e redirecionar o foco de estudos; e os professores, adaptar o seu planejamento pedagógico conforme as principais necessidades dos discentes. 

5) A contribuição para assimilação e fixação da matéria 

A aplicação de simulados na escola ainda contribui para o processo de memorização de conteúdo. Isso porque fazer exercícios, como resolver perguntas, ajuda no processo de assimilação do conhecimento, mais até do que reler, por diversas vezes, a mesma informação.

Não esqueça, no entanto, que para que a equipe da escola (tanto gestores, quanto professores e demais funcionários) consiga ter tempo de organizar práticas como  essa, é fundamental que a instituição de ensino conte com uma boa gestão escolar — que, além de eficiente, saiba otimizar o tempo de todos.

Para isso, existem ferramentas como o SophiA Gestão Escolar, que foi criada justamente para facilitar os processos administrativos dessas instituições. A solução integra o portfólio de sistemas para escolas, bibliotecas e acervos dos softwares SophiA (criados pela empresa Prima).

Para saber mais sobre o software de gestão, acesse: sophia.com.br, e para agendar uma visita de um dos especialistas em sua instituição, basta clicar no link abaixo:

QUERO ENTRAR EM CONTATO E RECEBER UM ESPECIALISTA EM MINHA ESCOLA

 

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Ligamos para você

Este canal é para comunicação com a equipe de vendas da Prima. Em breve um dos nossos consultores entrará em contato com você.

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Gestão Escolar

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.