Voltar à home em SophiA Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Gestão Escolar

Cenário da biblioteconomia no Brasil em tempos de crise, mercado cresce 24%



Desde 2014, o Brasil vem passando por um intenso momento de recessão, que acabou trazendo impactos negativos para diversas áreas. Mas, a expectativa é que 2018 seja o ano marcado pela recuperação do mercado nacional, já que a queda da inflação e a abertura de novos postos de trabalho vem impulsionando essa retomada.

Em meio à crise e aos períodos conturbados que ela ocasionou, o setor de biblioteconomia conseguiu um feito importante: aumentar em 24% a taxa de oferta de empregos formais na Grande São Paulo, entre os anos de 2011 e 2015, segundo dados divulgados pelo Ministério de Trabalho e Emprego.

Alguns fatores contribuíram significativamente para essa expansão, como os avanços tecnológicos específicos para a área de biblioteconomia, e também o aumento dos profissionais qualificados para exercer essa importante profissão, que está diretamente ligada ao acesso da população à informação.

Para conhecer um pouco mais sobre o cenário da biblioteconomia no Brasil, te convidamos para continuar acompanhando este artigo, pois iremos debater temas importantes sobre o crescimento do setor.

Expansão geral do mercado

Como abordado no início, a área de biblioteconomia não foi atingida diretamente pela crise econômica. A expansão do setor elevou as oportunidades de trabalho na área e também o reconhecimento da profissão.

De acordo com os dados disponibilizados pelo Censo da Educação Superior realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, entre 2011 e 2015, o aumento da remuneração média mensal dos bibliotecários, documentalistas e cientistas da informação foi de 31%, chegando ao valor de R$ 5.742,00. Em tempos de instabilidade no País, obter um crescimento geral do setor de biblioteconomia, bem como uma elevação nos rendimentos dos profissionais, é algo extremamente positivo.

Especialização é cada vez mais importante para o setor de biblioteconomia

O cenário de biblioteconomia no Brasil é bastante favorável, como apresentado nas pesquisas acima. Porém, para continuar crescendo com qualidade, a especialização dos profissionais é fundamental.

O curso de graduação em biblioteconomia é a porta de entrada para o mercado de trabalho, sem essa formação as oportunidades para os ingressantes se tornarão cada vez mais escassas. Do mesmo modo, é interessante que o futuro bibliotecário busque uma formação que una tradição e inovação. O mercado de biblioteconomia se transformou muito na última década, por isso, para obter sucesso na carreira, é preciso se manter atualizado. Na sequência, falaremos mais sobre essas mudanças.

Avanços tecnológicos e a abertura de novas áreas

O crescimento do setor de biblioteconomia tem muito a ver com a abertura de novas áreas de atuação advindas dos avanços tecnológicos dos últimos anos. Hoje, os bibliotecários conseguem atuar de forma ainda mais estratégica dentro das escolas, pois eles possuem expertise para gerenciar todo o tipo de informação, desde livros até dados digitais. Isso é possível graças aos conhecimentos específicos em User Experience e Arquitetura da Informação, temas que vêm sendo cada vez mais trabalhados nos cursos de graduação.

Deste modo, o setor de biblioteconomia no Brasil está colhendo bons frutos com a inovação tecnológica. Mas, não são apenas os bibliotecários que ganham com essa expansão do setor. As escolas, de modo geral, também são impactadas de maneira positiva. Além de contar com um número maior de profissionais especializados na área, as instituições de ensino podem desfrutar de todos os benefícios que a junção da tecnologia com a biblioteconomia pode trazer.

Os softwares de gestão de bibliotecas são ótimos exemplos disso. Com eles, as escolas conseguem otimizar serviços importantes, aprimorando o trabalho dos bibliotecários e oferecendo uma experiência mais agradável para os estudantes do século XXI. A seguir, pontuamos alguns desses ganhos:

Gestão simplificada: com um software de gestão de bibliotecas, é possível ter uma visão mais detalhada dos dados do local por meio do painel de gestão, que traz gráficos altamente visuais sobre a situação das atividades desenvolvidas na biblioteca.

Otimização da catalogação: ao adotar um sistema de gestão de bibliotecas, é possível tornar a catalogação de livros e materiais muito mais simples e intuitiva. Por exemplo, o bibliotecário consegue importar os dados bibliográficos de uma obra apenas digitando o seu ISBN.

Interatividade para alunos do século XXI: como vimos, os avanços tecnológicos ajudaram o setor de biblioteconomia a crescer. A inovação tem tudo a ver com os alunos do século XXI e, por isso, os softwares de gestão de bibliotecas trazem mais interatividade para os estudantes.

Os processos de busca, renovação e reservas de livros são realizados diretamente na plataforma online. Além disso, materiais digitais também podem ser catalogados e ficam disponíveis para as consultas dos alunos sempre que necessário.

No artigo de hoje, apresentamos um pouco do cenário da biblioteconomia no Brasil, focando no crescimento e nas tendências para o setor. Se você quer continuar por dentro das novidades relacionadas ao universo da biblioteconomia, te convidamos para assinar a nossa newsletter gratuita.

Saiba como o software SophiA pode otimizar o gerenciamento de áreas
estratégicas das instituições de ensino

BAIXE AGORA O E-BOOK

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Ligamos para você

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Gestão Escolar

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.