Voltar à home em SophiA Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Gestão Escolar

Jornal escolar: dicas de como trabalhá-lo em sua escola

Para promover a formação integral dos alunos, os colégios investem em ações que vão além da rotina em sala de aula, como o jornal escolar

Para ter acesso a uma formação integral, é importante que os alunos participem de atividades que vão além da rotina escolar. Envolvê-los em propostas diversificadas é fundamental para que possam ter contato com aprendizados que são importantes para a convivência dentro e fora do colégio, e o desenvolvimento de um jornal escolar é um ótimo exemplo disso.

Esse projeto permite que os estudantes desenvolvam uma série de habilidades importantes para a sua formação, como o aprimoramento da leitura e da escrita, além de também representar uma das formas mais interessantes de conectar o colégio com a sua comunidade escolar.

Se a sua instituição de ensino ainda não trabalha com o jornal escolar, mas há um interesse em conhecer melhor essa proposta, lhe convidamos a continuar acompanhando esse artigo para entender mais sobre o assunto.

A importância do jornal escolar

Como mencionado no início, para ter uma formação integral, os alunos precisam desenvolver habilidades e ampliar os seus conhecimentos além da rotina escolar. Por conta disso, as instituições de ensino estão cada vez mais focadas em oferecer aos estudantes experiências complementares e o jornal escolar é uma delas.

Ao envolver os alunos em um projeto tão significativo, os educadores repassam conceitos importantes como responsabilidade, organização, disciplina e comprometimento. Além disso, o jornal escolar é uma excelente maneira de ajudar os estudantes no treino e no aprimoramento da escrita, da leitura e da comunicação.

Quando o aluno começa a integrar a equipe do jornal escolar, muitas vezes, ele está assumindo a sua primeira grande responsabilidade. Além de ter um cargo na redação, que pode ser repórter, produtor de pautas, revisor ou editor. O estudante terá a chance de desenvolver as suas habilidades para trabalhar em equipe, aprendendo a gerenciar o seu tempo e a cumprir prazos também fora da sala de aula.

Vale destacar que esse tipo de projeto permite uma maior interação do colégio com a comunidade escolar, visto que os pais e funcionários da instituição de ensino podem participar ativamente, seja na escolha das pautas, em entrevistas ou com a leitura, que fará com que todos se mantenham informados sobre os acontecimentos do colégio.

Como começar a trabalhar o jornal escolar em sua escola?

Veja agora algumas dicas de como esse trabalho pode ser realizado de forma eficaz também na sua escola:

Apresentação do projeto para os alunos

O primeiro passo para implantar o jornal escolar em sua instituição de ensino deve ser a apresentação desse projeto para os estudantes: é importante que os educadores falem sobre a proposta e questionem os alunos sobre o interesse deles em participar. 

Nessa apresentação, vale contar um pouco da rotina da equipe do jornal e mostrar que essa iniciativa é repleta de aprendizados e descobertas.

Estrutura do jornal escolar

Depois da apresentação, os professores já terão uma ideia de como será o engajamento dos alunos, daí é possível seguir para a próxima dica, que tem a ver com a estrutura do projeto: a escola deve ajudar no que diz respeito à organização dos materiais necessários para que o jornal escolar se torne real. Por exemplo: é importante disponibilizar uma máquina fotográfica ou smartphone com boa câmera para os registros fotográficos para as reportagens.

Para que os alunos se sintam ainda mais envolvidos, é interessante ainda que haja um ponto de encontro para as reuniões de pauta. A dica, aqui, é verificar os horários em que os envolvidos estão livres e escolher uma sala que também estará à disposição deles. 

Planejamento

Outra dica interessante para trabalhar o jornal escolar em sua instituição de ensino de maneira efetiva tem a ver com o planejamento do projeto.

Os professores devem ajudar os alunos nessa etapa, apresentando para eles sugestões de como organizar o jornal a partir de temas que são relevantes para toda a comunidade escolar. Separar o projeto em editorias é uma boa alternativa, assim os estudantes podem abordar temas variados, como cultura, atualidades, esportes e educação.

Organização da equipe e definição dos cargos

Realizado o planejamento, é hora de seguir para uma outra etapa importante, que é a organização da equipe e a definição dos cargos. Para funcionar, o jornal escolar precisará ter repórteres, revisores, editores, fotógrafos e até ilustradores (no caso de trabalhar com charges, por exemplo). 

Os professores podem apresentar as características de cada cargo para os alunos, permitindo que eles escolham de acordo com as suas habilidades. No entanto, é fundamental criar um sistema de rodízio, no qual todos passam por todos os cargos do jornal escolar, garantindo que aprendam sobre o funcionamento total do projeto.

Feito isso, a equipe já poderá começar o trabalho de produção, lembrando que é importante incentivar os alunos a tornarem esse meio de comunicação o mais democrático possível, dando espaço para que outros estudantes e membros da comunidade escolar possam se expressar. 

Se você gostou das dicas de como trabalhar de forma eficaz o jornal escolar em sua instituição de ensino e quer continuar acompanhando assuntos como este, não deixe de conferir as próximas postagens do nosso blog. E caso queira aprimorar a gestão do seu colégio, entre em contato conosco para conhecer as funcionalidades do SophiA Gestão Escolar.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Ligamos para você

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Gestão Escolar

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.