Voltar à home em SophiA Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Gestão Escolar Atualizada em 29 AGO 2018 - 10H58

Realidade virtual: uma aliada da educação

Saiba como a realidade virtual pode transformar para melhor a educação das crianças e dos jovens, por meio de atividades e experiências interativas e imersivas

Alguns recursos tecnológicos são capazes de impactar diferentes áreas, trazendo inovação e criatividade para processos tradicionais. A realidade virtual, por exemplo, começou a ser bastante utilizada no setor de entretenimento, e hoje é sucesso em treinamentos de recursos humanos e até mesmo na educação.

Essa tecnologia representa muito bem a modernização que está presente no dia a dia dos alunos e, por isso, a aplicação da realidade virtual em sala de aula traz ganhos significativos para a educação das crianças e jovens

Se a sua instituição de ensino ainda não conhece muito bem o papel da realidade virtual na educação, te convidamos para ler este post e esclarecer todas as suas dúvidas sobre o assunto. 

Saiba o que é realidade virtual

Há alguns anos, o termo realidade virtual começou a fazer parte do universo de entretenimento, principalmente da área de games. Essa é uma tecnologia de interface capaz de enganar os sentidos das pessoas através de um ambiente virtual criado a partir de um sistema computacional.

Por meio da realidade virtual são induzidos efeitos visuais, sonoros e até táteis, permitindo que a pessoa fique imersa em um ambiente simulado, com ou sem interação direta do usuário.

O mais interessante é que a realidade virtual é tão completa que não ficou restrita ao mundo dos jogos. Hoje, a tecnologia é aplicada com bastante eficácia no mundo empresarial e está chegando com força no segmento educacional, conforme mostraremos a seguir.

Veja qual é o papel da realidade virtual na educação

A inserção de recursos tecnológicos na educação não é algo novo. Porém, o que muda na sociedade atual é a forma como esses meios participam do processo de ensino-aprendizagem. No início desta parceria, o contato dos estudantes com a tecnologia era restrito ao laboratório ou sala de computação, local onde o aluno aprendia conceitos básicos de informática.

Mas hoje a realidade é outra em boa parte das escolas brasileiras. Softwares, aplicativos móveis, games e acesso à internet são recursos que fazem parte do plano de ensino das escolas, e a realidade virtual vem para reforçar esse time, apresentando os conteúdos de uma forma bem diferente.

De acordo com a Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para a Educação Básica do MEC, é importante proporcionar experiências realísticas para que os alunos melhorem a fixação dos conteúdos apresentados em sala de aula. E a realidade virtual na educação segue muito bem esse ideal, pois por meio dela é possível ter acesso a um aprendizado imersivo e interativo, unindo teoria e prática de uma maneira bastante enriquecedora.

A sala de aula não é mais o limite para o aprendizado, já que a realidade virtual permite que os alunos interajam com cenários tridimensionais que complementam os conteúdos propostos nas aulas. Ao estudar sobre os continentes, por exemplo, é possível "se deslocar” para a Antártida e conhecer as características do continente mais gelado do planeta.

Essa “viagem” para evidenciar na prática e com detalhes o que foi ensinado em sala de aula somente é possível com o uso da realidade virtual na educação. É importante ressaltar que os professores assumem um papel fundamental no uso desse recurso em sala de aula, pois eles são os responsáveis por definir e conduzir as experiências que os alunos terão neste meio.

Um dos programas de realidade virtual mais utilizados por esses profissionais, diga-se de passagem, é o Google Expeditions, que consegue levar os estudantes para qualquer outra parte do planeta e fora dele também.

Entre os benefícios da parceria entre educação e realidade virtual, além das experiências sensoriais, podemos citar:

•Redução da dificuldade de aprendizagem;

•A possibilidade dos estudantes repetirem as atividades para reforçar seu entendimento;

•Aprimoramento da interação entre os alunos, fazendo com que compartilhem a mesma experiência;

•Inserção do aluno como protagonista do seu aprendizado;

•Possibilidade de que os estudantes tenham diferentes impactos e percepções sobre o conteúdo ensinado.

A realidade virtual pode transformar para melhor a educação no Brasil, com o uso da tecnologia nas instituições de ensino sendo capaz de aprimorar não apenas o processo pedagógico, mas também a gestão escolar.

Há softwares, como o SophiA, que otimizam tarefas administrativas e financeiras que costumam tomar bastante tempo dos gestores e são comuns na rotina escolar. Ao adotar essa plataforma, a equipe pedagógica pode se dedicar totalmente ao ensino, sem se preocupar com essas outras questões que também são importantes para o desenvolvimento da instituição.

Para continuar por dentro de notícias como esta, assine a nossa newsletter gratuita.

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Ligamos para você

Este canal é para comunicação com a equipe de vendas da Prima. Em breve um dos nossos consultores entrará em contato com você.

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Gestão Escolar

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.