Por SophiA Em Blog Atualizada em 22 SET 2021 - 14H12

Setembro amarelo: livros que falam sobre sentimentos para ter na biblioteca

Ter um projeto estruturado de cuidado com a saúde mental dos alunos deve incluir a seleção de obras específicas para compor o acervo da biblioteca ou sala de leitura

Aproveitando o mês de setembro (e a campanha Setembro Amarelo), estamos abordando aqui no blog do software SophiA pautas relacionadas aos cuidados com a saúde mental no ambiente escolar. Falamos recentemente sobre a importância de conversar sobre este tema nas instituições de ensino, incentivando toda a comunidade escolar a encarar de frente este desafio. Você pode ler mais acessando a matéria no link abaixo:

Setembro amarelo: a importância de falar sobre saúde mental na escola

Hoje, ainda no tema saúde mental, vamos apresentar algumas opções de livros para ter na biblioteca da sua escola, são obras que falam sobre os mais diversos sentimentos e também ensinam formas de lidar com eles – ou mesmo de reconhecê-los. Confira:

Coleção Pequenos Filósofos – Oscar Brenifier

Divulgação
Divulgação
Por que eu existo?


Composta de quatro livros, a coleção aborda questões existenciais comuns às crianças, que às vezes os adultos não conseguem responder, de forma leve e esclarecedora. “Por que eu existo?”, “Por que eu vou a escola?”, “Por que não posso fazer o que quero?” e “Por que você me ama?”, são as perguntas que dão origem aos roteiros espontâneos – e muitas vezes, divertidos – destas histórias. Encontrar respostas para nossas dúvidas ou mesmo concluir que algumas perguntas nem sempre têm resposta não são um jeito interessante de cuidar da saúde mental?

A parte que falta – Shel Silverstein

Divulgação
Divulgação
A parte que falta


Algumas vezes, você se vê preocupado com uma geração de crianças que tem muito? Muitos estímulos, muitas cobranças, muitos “sim”! Uma sociedade que vive o excesso sente muita “falta”. Um ótimo livro para refletir sobre querer sempre mais: será que realmente precisamos disso tudo? Uma maneira leve e lúdica de conversar sobre autoamor.

A raiva – Blandina Franco e José Carlos Lollo

Divulgação
Divulgação
A raiva


Alguns sentimentos, como a raiva, podem crescer e tomar conta de nós. Assim é a raiva, sentimento tratado neste livro, e que tem grande capacidade de nos desestabilizar. A reflexão proposta pelos autores é a de que, na maioria das vezes, isso acontece sem necessidade, a raiva acaba se tornando muito maior do que precisaria ou deveria ser.

A bolha de Maju – Karina Picon

Divulgação
Divulgação
A bolha de Maju


Por mais difícil que possa parecer, as crianças precisam aprender a olhar de frente seus fracassos e seus medos, para entender como lidar da melhor maneira com eles, esse é um processo que causa sofrimento, mas pelo qual será possível lidar com os dilemas que irão surgindo ao decorrer da vida, na adolescência e na vida adulta. Às vezes, só o que a gente quer é colocar os pequenos dentro de uma bolha, mas será mesmo que é esta a melhor saída?

Onde vivem os monstros – Maurice Sendak

Divulgação
Divulgação
Onde vivem os monstros


Neste livro, as crianças conseguem enxergar que todos nós temos um lado “não tão legal”, que isto é normal, e que aprender a conviver com estes “monstros” dentro de nós é essencial para viver com mais harmonia. Os conceitos de liberdade e autoridade são muito bem trabalhados.

Gostou das nossas sugestões? Aproveite para compartilhar as suas! E não se esqueça de manter o acervo (físico e digital) da biblioteca da escola sempre renovado e alinhado com ações de saúde e bem-estar.

Boleto

Ligamos para você

Este canal é para comunicação com a equipe de vendas da Prima. Em breve um dos nossos consultores entrará em contato com você.

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Blog

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.