Voltar à home em SophiA Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Blog Atualizada em 29 MAR 2019 - 15H57

Softwares SophiA Biblioteca e Philos têm representação crescente no mercado Espanhol

Desde 2011 atuando em conjunto com a Educaria, atualmente a Prima conta com 99 clientes ativos na Espanha, das áreas pública e privada, com relevância nacional, além de cases de sucesso apresentados pelos seus usuários

A atuação da Prima no mercado Espanhol teve início em 2011, com a descontinuação do sistema Liber-Marc no país. Nesta ocasião, foi identificada a possibilidade de crescimento no mercado espanhol, quando foi adotada a estratégia de oferta aos potenciais clientes de migração para dois softwares de gestão de acervos: SophiA Biblioteca e Philos.

Foi, então, montada uma equipe local, para atuar exclusivamente em território espanhol e fechar os contratos, além de realizar as ações de Suporte. Estas operações são feitas pela Educaria, em nome da Prima, em toda a Espanha. Hoje já são 99 clientes ativos no país, que não apresentaram resistência em mudar do Liber-Marc para os sistemas SophiA, já que os novos softwares ofereceram mais benefícios com um custo similar.

Perfil dos clientes

Em sua maioria, os clientes espanhóis são da área privada, caracterizados essencialmente pelas bibliotecas escolares e universitárias, além disso, há grande representatividade dos Colégios de Abogados, instituições como a Ordem dos Advogados do Brasil. Na área pública, os principais clientes são “Ayuntamientos”, órgãos públicos como as prefeituras brasileiras. Entre os quase 100 clientes, alguns destaques são o Colegio Notarial de Madrid – Cartório de Notas –, um dos maiores e mais importantes da cidade de Madri, e a Florida Universitària, do município de Valência, uma Instituição de Ensino Superior com mais de 3.700 alunos.

Importante lembrar também do primeiro cliente na Espanha, o Ayuntamiento de Rivas Vaciamadrid – como as Prefeituras aqui no Brasil –, com três bibliotecas públicas, ativo desde abril de 2012 até agora.


Biblioteca do Colegio Notarial de Madrid. Fonte: divulgação.


Biblioteca do Colegio Notarial de Madrid. Fonte: divulgação.


Biblioteca da Florida Universitària. Fonte: divulgação.


Novos clientes e busca por grandes parcerias

De 2011 para cá, a expansão dos softwares da família SophiA na Espanha continua a crescer. Recentemente, em março deste ano, foram assinados os contratos com nossos dois primeiros clientes Philos no país. São eles, o Colégio Nuestra Señora de Schoenstatt, de Alcorcón, e a Escola Internacional Agora Lledó, da Província de Castelló.


Biblioteca do Colégio Nuestra Señora de Schoenstatt. Fonte: divulgação.


Biblioteca da Escola Internacional Agora Lledó. Fonte: divulgação.

A equipe de vendas que atua na Espanha, por meio da Educaria, tem trabalhado também para gerar parcerias, por exemplo, com editoras de grande representação, como a Tirant Lo Blanch, que edita, distribui e importa conteúdos impressos e digitais em diversos países do mundo.

A opinião de quem usa

Confira nos depoimentos abaixo a opinião sobre o SophiA Biblioteca em dois clientes na Espanha, Colegio Mirabal e Centro de Estudios Teológicos de Sevilla. Os cases de sucesso completos estão disponíveis em nosso site.

Clique nos nomes dos colégios abaixo para saber mais.

COLEGIO MIRABAL

“A principal razão pela qual eu recomendaria o SophiA é a intuitividade do sistema, o que resulta em sua fácil utilização, além de ser uma ferramenta completa. Os alunos estão empolgados com as funcionalidades que o Terminal Web do SophiA nos oferece, e para mim, tem facilitado muito o trabalho. ”

Gema Cañadas – Bibliotecária do Colegio Mirabal

CENTRO DE ESTUDIOS TEOLÓGICOS DE SEVILLA

“Recomendamos o SophiA por seu fácil manejo e pela versatilidade em seu uso – você pode ter na mesma base acervos modernos, antigos e publicações periódicas, cada um com sua singularidade na hora de catalogar. Além disso, ao estar baseado no formato MARC, e levar em conta a ISBD, nós, bibliotecários, gostamos porque podemos imprimir e manter o arquivo manual usando todos os padrões e normas para bibliotecas. ”

García Murillo e Rodríguez Babío – Auxiliares de Biblioteca do Centro de Estudios Teológicos de Sevilla

Seja o primeiro a comentar

Os comentários e avaliações são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site.

0

Boleto

Ligamos para você

Este canal é para comunicação com a equipe de vendas da Prima. Em breve um dos nossos consultores entrará em contato com você.

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Blog

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.