Voltar à home em SophiA Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: +55 (12) 99654-1838 PABX: (12) 2136 7200 Capa do Blog Bibliotecas e Acervos Gestão Escolar Materiais Educativos Eventos
Por SophiA Em Blog

Um teste positivo para Covid em minha escola: e agora?

Entenda quem deve ser isolado e por quanto tempo

Pexels
Pexels
Um teste positivo para Covid em minha escola: e agora?


Com o avanço da vacinação contra a Covid-19, passamos por semanas seguidas de quedas no número de casos e de mortes em todo o país. A notícia é ótima, mas, ainda é possível que um caso positivo apareça na sua escola.

Principalmente, porque grande parte voltou a operar com 100% da capacidade, todos os dias da semana. É possível que, com mais tempo de exposição e mais pessoas no ambiente, mesmo que a transmissibilidade esteja menor, alguém venha a contrair a doença.

Então, você tem um teste positivo para Covid-19 em um aluno, professor ou mesmo responsável. E agora, o que fazer?

Testagem e tempo de quarentena

A primeira coisa a se fazer é garantir que o teste esteja correto. Provavelmente, antes de ter o teste em mãos, você receberá uma suspeita. Os seus colaboradores e clientes devem ser corretamente orientados sobre o que fazer quando têm sintomas de Covid. Desde o primeiro sinal, a pessoa deve já iniciar o isolamento, fazer o teste no prazo estabelecido pelo laboratório ou hospital – normalmente após o terceiro a quinto dia de sintomas – e, assim que possível, informar o resultado.

A melhor opção de teste, aquele que entrega maior acuracidade, ainda é o RT-PCR, ele é considerado o padrão ouro para diagnóstico da doença. Se possível, exija que este tipo de exame seja feito para confirmar a suspeita.

Se o resultado for negativo, a pessoa pode voltar às atividades normalmente. Caso o resultado seja positivo, permanece o período de quarentena até o final do prazo estipulado pela escola. Algumas instituições adotam 10 dias, outras, 14 dias de isolamento. Defina este período pensando na proteção de todos, se preciso, peça a avaliação de um médico ou do serviço de Vigilância Epidemiológica para a definição do prazo. Isso irá evitar que um surto da doença aconteça na sua escola por ter voltado cedo demais.

Transparência com colaboradores e clientes

Os alunos e seus responsáveis, assim como os profissionais da instituição, esperam sentir segurança no ambiente escolar. Esse sentimento de segurança vem de enxergar que as regras estão sendo seguidas, que os cuidados estão sendo tomados. E isso exige muita transparência. É preciso informar, o mais rápido possível, toda a comunidade escolar sobre casos positivos. A honestidade e rapidez ao expor esses casos irá causar ainda mais confiança em sua instituição, além de garantir a saúde de todos.

Quem deve ficar isolado

Isso depende muito de como é a dinâmica na sua escola. Os professores e alunos do Ensino Fundamental têm contato com os do Ensino Médio, se a repostas for sim, é possível que você precise colocar toda a escola em quarentena. Mas, se a reposta for não, se houver um ambiente de controle mais rigoroso no qual você tenha a certeza de que não houve contato, é possível isolar apenas uma parte da comunidade escolar.

O melhor é sempre pensar nas possíveis interações, por exemplo, dentro da família. Pode ser que um professor que não tenha contato com crianças mais novas teste positivo, então, teoricamente, poderia isolar apenas as turmas mais velhas, certo? Mais ou menos, porque se o aluno dos anos superiores tiver um irmão mais novo que estuda na mesma escola, ele precisará cumprir o isolamento devido ao contato que teve em casa.

Estes detalhes precisam ser levados em consideração na definição de quais pessoas devem ficar isoladas. Vale reforçar que, mesmo sem sintomas e mesmo vacinadas, as pessoas infectadas pelo vírus ainda têm o potencial de transmiti-lo. Todo o cuidado é necessário!

Falando em cuidados...

O uso das máscaras de proteção, a higienização das mãos e o distanciamento social continuam sendo fortes aliados do combate à Covid-19, juntamente com a vacinação em massa. Não é o momento de baixar a guarda ainda, por isso, sua escola deve reforçar, sempre que possível, a importância de manter estes cuidados.

Faça publicações nos canais oficiais da instituição sobre isso, ao menos, uma vez ao mês. Você pode aproveitar estas publicações para reforçar que a escola está há meses sem um caso positivo, ou mesmo que isto nunca ocorreu – e apontar como os cuidados são essenciais para garantir que o ambiente escolar continue assim, seguro.

Você sabia?

O sistema de gestão escolar SophiA conta com funcionalidades específicas na ficha de saúde dos alunos. É possível, por exemplo, incluir dados sobre Covid neste documento. O software de gestão de bibliotecas do SophiA conta com outro recurso interessante, o de retenção programada de obras. É possível, por exemplo, estabelecer um período padrão de quarentena antes do livro voltar à prateleira para ser emprestado novamente. Muito bom, não é?

Para conhecer mais vantagens dos nossos sistemas para sua escola, é só entrar em contato!

Boleto

Ligamos para você

Este canal é para comunicação com a equipe de vendas da Prima. Em breve um dos nossos consultores entrará em contato com você.

Menu

Carregando ...

Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Por SophiA, em Blog

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.