Voltar à home em SophiA Central de vendas: 0800 55 7074 PABX: (12) 2136 7200
Central de vendas: 0800 55 7074 PABX: (12) 2136 7200 Ligamos para você

Academia Brasileira de Letras – Arquivo

Rio de Janeiro – RJ


www.academia.org.br/

Academia Brasileira de Letras utiliza o SophiA Acervo para difusão das informações e otimização do tratamento arquivístico

No final do século XIX um grupo de homens de letras brasileiro teve a iniciativa de criar uma instituição cultural, aos moldes da Academia Francesa, com o objetivo de cultivar a língua e a literatura nacionais. Deste ímpeto nasceu a Academia Brasileira de Letras, sob a presidência do célebre Machado de Assis, acompanhado por mais 39 outros membros. Desde então, os grandes feitos desta instituição seguem preservados, sendo divididos em dois acervos: o Arquivo dos Acadêmicos e o Arquivo Institucional.

Para organizar os arquivos e disponibilizar as informações ao público é utilizado o software SophiA Acervo. Maria Oliveira, Chefe do Arquivo Múcio Leão, conta que o sistema foi o primeiro a ser utilizado pela ABL para este fim e o principal benefício desde sua implantação foi a rápida recuperação da informação. “Para nós, o principal problema em não ter um software era a limitação na difusão do acervo e na otimização do tratamento arquivístico”, relata Maria.

A equipe do Arquivo é formada por 14 integrantes, sendo 4 arquivistas e 10 estagiários. Além disso, faz parte do Arquivo, o Núcleo de Conservação e Restauração de Documentos, que possui 3 arquivistas conservadoras/restauradoras e 1 estagiária. Esta grande equipe é responsável pela administração de, atualmente, cerca de 600 metros lineares de documentos textuais e mais de 40 mil documentos audiovisuais e iconográficos, todos gerenciados pelo SophiA.


O Arquivo dos Acadêmicos é formado por cerca 300 fundos arquivísticos e coleções de documentos, incluindo manuscritos de livros, contratos de publicação, milhares de correspondências, fotos e vídeos, recortes de jornais e curiosidades como cardápios de jantares. Já o Arquivo Institucional contém documentos administrativos, atas de reuniões, além de registros audiovisuais e fotográficos de todos os eventos promovidos pela ABL, como conferências, debates e concertos.

Este pedaço importante da história brasileira contido nos arquivos da ABL é de grande interesse de pesquisadores no Brasil e no mundo, e, por isso, precisa estar disponível principalmente pela internet, acessível de qualquer lugar do mundo. “Temos a consulta online, através do Terminal Web do SophiA Acervo, e o acesso presencial é livre e gratuito a todo cidadão brasileiro ou estrangeiro com apresentação de documento de identificação (identidade ou passaporte) e agendamento da consulta”, explica Maria.

Por sua especificidade, o Arquivo da ABL é uma fonte inesgotável de cultura e conhecimento, em que os originais manuscritos de obras primas da literatura nacional e internacional convivem, lado a lado, com o epistolário de três ou quatro gerações de intelectuais brasileiros. “A ABL é uma instituição na qual existe, desde sua gênese, a vocação para o culto da memória e da tradição”, afirma Maria. “Seus ritos de celebração da imortalidade - a eleição, a posse, a comemoração dos aniversários de nascimento, de falecimento; seus símbolos: insígnias, bandeira e fardão - confirmam o desejo de seus fundadores de perpetuar a memória da instituição e de seus membros”, comenta.

Depoimento

O SophiA Acervo foi o primeiro software a ser utilizado pela ABL para este fim e o principal benefício desde sua implantação foi a rápida recuperação da informação. Para nós, o principal problema em não ter um software era a limitação na difusão do acervo e... O SophiA Acervo foi o primeiro software a ser utilizado pela ABL para este fim e o principal benefício desde sua implantação foi a rápida recuperação da informação. Para nós, o principal problema em não ter um software era a limitação na difusão do acervo e na otimização do tratamento arquivístico. Além do acesso presencial aos arquivos com o SophiA temos a consulta online, através do Terminal Web. continuar lendo
maria-de-oliveira-academia-brasileira-de-letras
Maria de Oliveira
Chefe do Arquivo Múcio Leão da Academia Brasileira de Letras

Produtos utilizados

Ligamos para você

Menu
Reportar erro! Comunique-nos sobre qualquer erro de digitação, língua portuguesa, ou
de informação equivocada que você possa ter encontrado nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente.